Revista Acontece Regional

Mulheres trocam musculação por artes marciais

Modalidades como muay thai, boxe e jiu-jitsu podem ser grandes aliadas na hora de definir o corpo e queimar calorias

Musculação, bike e localizada vão ter sempre público cativo nas academias, mas agora as mulheres têm aderido a alternativas consideradas mais agressivas contra as gordurinhas. Não é de hoje que as artes marciais deixaram de ser atividades exclusivamente masculinas. A promessa de queimar muitas calorias e definir o corpo em apenas uma hora de aula atrai cada vez mais o público feminino que não é fã da musculação.

Não é à toa: as lutas, além de promoverem valores como a disciplina, podem definir o corpo, fortalecer os músculos e proporcionar diversos benefícios às mulheres que as praticam. Conheça algumas modalidades aumentam a força, a resistência, definem o corpo e ainda queimam gorduras indesejadas, inclusive as localizadas!

Boxe: Por ser uma luta de muita movimentação, o boxe trabalha principalmente os músculos dos braços e pernas, contribuindo bastante para fortalecer e definir toda a região do abdômen e afinar a cintura. A queima calórica fica em torno de 700 kcal por aula.

Muay thai: Modalidade que possibilita uma grande queima calórica (cerca de 800 calorias por treino), desde o aquecimento que antecede a luta e durante a execução de cada golpe; favorece o trabalho das pernas e dos glúteos, além da parte central do tronco e abdômen.

Karatê: Esta é uma modalidade que favorece tanto o fortalecimento do corpo como da mente, pois tem como princípios a disciplina, o equilíbrio físico e mental, além de exigir muita concentração. Trabalha o corpo de forma geral, contando também com um gasto calórico interessante (800 kcal por aula).

Capoeira: É a luta mais completa e também a que mais faz pelo corpo. Todas as acrobacias e o gingado exigidos pela capoeira aumentam a flexibilidade do corpo, principalmente das pernas, com fortalecimento global do corpo. O aumento do equilíbrio corporal, do ritmo e o gasto calórico (800 kcal por aula) também devem ser destacados.

Jiu-jitsu: Esta luta é praticada em sua maior parte no chão – para imobilizar o oponente – e contribui de maneira significativa para o fortalecimento muscular e melhorias no condicionamento. A necessidade de dominar a técnica, mais do que ter força, faz com que esta modalidade melhore a concentração e a resistência. Além disso, é a que mais queima: em média 1.000 kcal por aula!

Judô: Uma vez que o foco é derrubar e imobilizar o adversário, o judô proporciona o aumento da força corporal, principalmente dos braços e tronco, melhorando também a resistência. O judô ainda promove disciplina e uma queima de até 800 kcal por aula.

É importante lembrar que a prática de artes marciais exige o uso de equipamentos de proteção e o acompanhamento de um profissional especializado.

Compartilhe isso:

Adicionar comentário

http://www.faal.com.br